20 de janeiro de 2015

As comemorações diárias

Faço aniversário apenas uma vez por ano. – Você também? Que coincidência! – Sempre foi quase que uma tradição que eu escrevesse um texto sobre esta data aqui no blog, mas nunca ficou estipulado em lugar nenhum que este texto deveria ser escrito no dia exato de quinze de janeiro. Então porque não escrevê-lo dias depois? Assim é possível intensificar a comemoração, tornando um aniversário não uma data única no ano, mas quantas forem desejadas.
De acordo com este pensamento, poderei escrever textos referindo-me a um mesmo aniversário todos os meses, sem que pra isso eu deva ficar um ano mais velha a cada novo mês. Parece a solução perfeita para quem prefere a expectativa à realização do fato.
Afinal, a cada ano comemoramos nossas novas experiências, nossa sabedoria, ou se não for o caso, no mínimo nossos aprendizados, mas esses são bens que vamos adquirindo e aprendendo a administrá-los ao longo da vida, que por sua vez, é construída ao longo dos dias. Que outra coisa isto pode significar a não ser que todos os dias devem ser comemorados?