22 de janeiro de 2011

Hoje a noite não tem luar...

As estrelas que antes me faziam companhia, agora me vigiam com indiferença, como se a qualquer momento eu pudesse colocá-las em perigo. Não se preocupem estrelas, nada que eu faça acabará com esse brilho, afinal, por mais que tudo estivesse desabando, vocês continuariam a brilhar. Isso porque vocês nunca perderam o sono pensando se aquela pessoa especial também pensa em vocês, nunca ficaram horas revivendo uma cena e se culpando por não terem agido de forma diferente, mesmo que não fizesse diferença nenhuma, nunca tiveram a chance de escrever seu nome junto de outra pessoa, e ficaram fazendo planos platônicos apenas para depois sofrerem pelas promessas que não se tornaram reais. É fácil brilhar com toda a intensidade possível, quando tudo que fazem é apenas observar, mas se quem enfrentasse tudo isso fosse vocês, não sobrariam forças pra que continuassem brilhando.

Ou talvez brilhassem ainda mais.


Um comentário:

Dany Moore disse...

Olá Flor, tem selinhos pra você no meu blog.
Passe por lá depois, beijos Danny.