3 de março de 2011

Verdades incontestáveis


São infinitas as perguntas que nos fazemos, mas que sempre adiamos, ou ao menos preferimos adiar as respostas, até que de tanto tentar deixar pra outro dia esses questionamentos, acabamos deixando pra outra semana, mês, ano... Mas as perguntas são tantas, que com o passar do tempo esquecemos o real motivo de todas as crises, as revoltas e as revoluções passadas, apenas tentando o máximo possível ignorar as respostas, ou melhor, as verdades.
Esquecemos que um dia tivemos a chance de mudar, mas não aproveitamos da maneira necessária. Até chegar a isso, não saberemos mais quais eram essas respostas, não lembraremos nem mesmo das perguntas.
E recomeçaremos tudo novamente, agora em busca das questões que sofremos para esquecer, sem nunca imaginar que sofreríamos ainda mais para lembrar.

Um comentário:

Dany Moore disse...

Adorei o post!
grande beijo, Danny :*
http://danytemumblog.blogspot.com/