22 de abril de 2011

Viva o que leu (ou leia o que viveu)


Sabe os textos mais incompreensíveis e ignoráveis, mas que mesmo assim permanecem inesquecíveis? São muitos os motivos que os tornam assim.
As palavras que escondem razões. As frases que envolvem tantos sentimentos. Os parágrafos, cada um deles único, compostos pelas mais diversas inspirações. As entrelinhas que escondem segredos que nenhum coração humano jamais será capaz de possuir.
E você ao ler esses fragmentos de sonhos, esses projetos de realidade, esses pedaços da alma de autores, transmite um pouco disso tudo para si, passando assim a fazer parte de quem escreveu, e passando a viver o que acabou de ler.

3 comentários:

Isabela disse...

Me indentifiquei muito com o título. Leia o que viveu tem tudo a ver comigo porque várias vezes ao leler escritos mais velhos, me deparo lendo minha própria vida, rs. Muito bom o blog, espero te ver pelo meu também.
Beijos,
Isabela - Contando Histórias
http://contandohistoriasempre.blogspot.com/

LAYS NOVAIS disse...

Legal seu blog querida!!!
Bj.. Tô seguindo (:

Monique Premazzi disse...

Adorei demais esse texto.
Essas palavras que escondem significados nos diversos textos que você encontra por ai, deixa bem mais interessante, bem mais gostoso de ler. Você acaba de ler e sente uma coisa boa.

Beijinhos, se cuida s2
http://contandohistoriasempre.blogspot.com/2011/04/resenha-ultima-musica.html