28 de março de 2014

Sobre crises de identidade (agora da vida adulta)

Então você agora é “oficialmente” adulto: atinge a maioridade, começa a fazer faculdade, a trabalhar, assume as responsabilidades, enfrenta a vida corrida que muitas vezes almejou ter, principalmente em seus momentos de ócio mais profundo. São as escolhas que sempre pensou a respeito, mas nunca as tinha vivenciado, são as decisões do teu futuro, da tua vida agora em diante. 
Tudo pode estar absolutamente certo, seja por conspiração cósmica, seja por uma feliz ironia do destino, seja por seu próprio mérito. Mas se algo der errado, uma coisinha simples que faça desmoronar todo o resto do percurso, será você a única pessoa responsável, a única a assumir e sofrer as consequências, a estrutura que pode ser reerguida, ou continuar caída ao chão. Você não vai se salvar se não permitir-se mergulhar.

P.s: tenho uma boa justificativa para a foto escolhida, mas ela não vem ao caso agora.

Nenhum comentário: