11 de novembro de 2011

Pessoas:

Ou você as ama, ou as odeia.
E nesse mundo cheio de gente, posso afirmar que quando você está certo de que terá paciência de conhecê-las, todas as pessoas, como elas realmente são, se tornará muito mais fácil o convívio. Mas prepare-se, principalmente para sofrer. Aliás, essa é a principal característica encontrada em todas as pessoas, em geral: o sofrimento.
Algumas sofrem por conta de decepções causadas por outras. Outras sofrem por conta de decepções causadas por elas mesmas. Algumas sofrem por um amor não correspondido. Outras sofrem por não poderem corresponder a esse amor. Algumas (a maioria) são julgadas por sofrerem. Outras julgam os sofrimentos alheios, e escondem ao máximo seus próprios sofrimentos pra que outra de suas semelhantes julgadoras, não as julgue.
Sim, a segunda principal característica encontrada nesses seres complexos, denominados seres humanos, é exatamente a sua complexidade. Costumam fazer “tempestades em copos d’água”, ofendem-se facilmente com palavras ditas em momentos errados, geralmente se iludem e se apegam fácil demais, falam mais do que escutam, falam mais do que pensam, falam mais do que suas atitudes demonstram.
Mas ainda assim apesar de tudo, as pessoas são admiráveis. Elas vivem. E isso já é a ação mais corajosa que existe.

Um comentário:

Compartilhando Sentidos disse...

Oi Juliana. Tudo bem? Gostei da forma que escreves. Gostei do teu blog, tanto que fiquei por aqui... Seguindo!
Passa lá no meu cantinho e se gostares, siga-me também.
Bjocas e eutimia


http://compartilhandosentidos.blogspot.com/



Vanessa